.:: Psicólogo Clínico (CRP 06/97030), Professor, Escritor e Expositor ::.
.:: Contato ::..:: Responsabilidade Social ::. .:: Espaço "Fragmentos da vida cotidiana ::. .:: Textos ::..:: Fotos e Vídeos ::. .:: Livros ::. .:: Quem sou ::.
 
 

Programa de apoio psicológico pré e pós-cirurgia bariátrica (gastroplastia)

 


freedigitalphotos.net

 

Gastroplastia

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, a Gastroplastia ou Cirurgia Bariátrica (também conhecida como redução de estômago) "reúne técnicas com respaldo científico destinadas ao tratamento da obesidade e das doenças associadas ao excesso de gordura corporal ou agravadas por ele."

A cirurgia bariátrica e metabólica traz diversos benefícios, tais como a perda de peso, remissão de doenças associadas à obesidade (diabetes e hipertensão, por exemplo), diminuição do risco de mortalidade, aumento da longevidade e melhoria na qualidade de vida do paciente (sbcb.org.br).

Há, de acordo com a SBCB, 3 procedimentos básicos de cirurgia que podem ser realizados por abordagem aberta ou por videolaparoscopia - um procedimento menos invasivo e mais confortável:

  • Restritivos: diminuem a quantidade de alimentos que o estômago comporta;
  • Disabsortivos: reduzem a capacidade de absorção intestinal;
  • Técnicas mistas: pequeno grau de restrição e curto desvio intestinal (com discreta má absorção dos alimentos).

Entre as técnicas cirúrgicas, temos 4 modalidades distintas de cirurgia bariátrica e metabólica (sbcb.org.br):

1) Bypass gástrico (gastroplastia com desvio intestinal em “Y de Roux”): a técnica mais praticada no Brasil por causa de sua segurança e eficácia. Pode-se perder de 40% a 45% do peso inicial, além de controlar o diabetes e outras doenças, como a hipertensão arterial. Para isso, é feito o grampeamento de parte do estômago (o que reduz o espaço para os alimentos) e um desvio no intestino inicial. Isto provoca o aumento dos hormônios que dão saciedade e que diminuem, como consequência, a fome.

2) Banda gástrica ajustável: é introduzido um anel de silicone inflável e ajustável ao redor do estômago, que o aperta e possibilita o controle de seu esvaziamento. Há uma redução de 20% a 30% do peso inicial.

3) Gastrectomia vertical (Sleeve Gástrico): o estômago é transformado em um tubo (com capacidade de 80 a 100 mililitros (ml)). Devido à perda de peso significativa, compara-se ao bypass gástrico. Porém, a perda de peso é maior que a proporcionada pela banda gástrica ajustável. Praticada desde o início de 2000, esta técnica apresenta boa eficácia sobre o controle da hipertensão e de doenças dos lipídios, tais como o colesterol e triglicérides.

4) Duodenal Switch: representa a associação entre a gastrectomia vertical e o desvio intestinal. Retira-se 85% do estômago, mas mantém-se sua anatomia básica, assim como sua fisiologia de esvaziamento. Reduz-se, contudo, a absorção dos nutrientes pelo desvio intestinal - o que leva ao emagrecimento. A técnica corresponde a 5% dos procedimentos. Leva à perda de 40% a 50% do peso inicial.

Há, ainda, uma terapia auxiliar, o balão intragástrico, que não é considerado um procedimento cirúrgico. Trata-se, em síntese, de um preparo pré-operatório e é realizado por endoscopia. Implanta-se uma prótese de silicone, que diminui a capacidade gástrica e, desta forma, provoca saciedade.

Preenche-se o balão com 500 ml de líquido azul de metileno. Caso ocorra seu vazamento ou rompimento, este será expelido pela urina (na cor azul). O paciente fica com o balão por aproximadamente 6 meses. É indicado para pessoas com sobrepeso ou no período pré-operatório, quando o Índice de Massa Corpórea (IMC) está acima de 50 kg/m2 (pacientes com superobesidade).

Dica: como funciona o cálculo do IMC?

IMC = peso / (altura x altura)

IMC (Kg/m2) e respectiva classificação da obesidade:

até 20 - Abaixo do Peso
20 a 25 - Peso Ideal
25 a 30 - Sobrepeso
30 a 35 - Obesidade Moderada (nível 1)
35 a 40 - Obesidade Severa (nível 2)
40 a 50 - Obesidade Mórbida (nível 3)
> 50 - Super Obesidade

Programa de apoio psicológico pré e pós-cirurgia bariátrica

 

 

Nosso objetivo é oferecer um espaço de escuta, acolhimento, apoio e esclarecimento não para o obeso que busca atendimento, mas, antes de tudo, à pessoa, ao ser humano que busca perder gordura corporal e, assim, melhorar sua saúde e qualidade de vida.

Trata-se, contudo, de um caminho marcado por inúmeras dificuldades e desafios. Entre os principais fatores, pode-se citar:

  • Pressões familiares e sociais;
  • Preconceitos;
  • Sentimentos de exclusão, incapacidade e menos-valia (em decorrência das discriminações que o indivíduo sofre no ambiente em que está inserido);
  • Conflitos internos, cargas emocionais intensas, angústias, dúvidas, medos, ansiedade e frustrações;
  • Luta para se manter no Programa;
  • Mudança de hábitos / estilo de vida;
  • Tabus em relação à cirurgia;
  • Histórias de insucesso (entre elas, o medo de se tornar uma pessoa deprimida, ter problemas renais, voltar a engordar ou desenvolver outras compulsões como comprar, fumar e/ou beber - mitos, de fato, sem evidências científicas);
  • Insegurança para enfrentar a decisão;
  • Rituais alimentares: obsessões e compulsões;
  • Transição para uma nova identidade;
  • Desenvolvimento de transtornos emocionais, conflitos pessoais e profissionais;
  • Entre outros fatores.


freedigitalphotos.net

 

Longe de apenas emitir um parecer favorável ao procedimento cirúrgico, o trabalho do Psicólogo nesse processo deve ser pautado em princípios éticos e na competência profissional. Além de abordar e discutir os aspectos psicológicos que envolvem a cirurgia, busca-se ampliar a percepção e o conhecimento do paciente sobre a cirurgia, permitir a livre expressão de emoções e sentimentos, resgatar ou desenvolver um sentido à sua existência, definir metas e objetivos realistas, ampliar o autoconhecimento e a autoestima, priorizar a essência do ser ali existente e refletir sobre a hierarquia de valores, necessidades e desejos que fazem parte da vida do paciente.

 

Após a cirurgia, a pessoa pode perceber que a solução da vida
não estava apenas em emagrecer - o que traz uma grande desilusão.
É muitíssimo importante investigar se há ou não
certos fatores encobertos pela obesidade.

 

Neste complexo campo de atuação, o foco deve se deslocar da liberação de um documento (e do número de sessões necessárias) para as mudanças significativas que irão ocorrer na vida da pessoa em decorrência da cirurgia.

 


freedigitalphotos.net

 

O processo se inicia no primeiro encontro e se encerra quando o paciente se sente apto a realizar a cirurgia e a lidar com a nova identidade. Busca-se reatualizar temores, preconceitos, tabus, dúvidas, sonhos, expectativas, desejos e fantasias. Para isso, o trabalho terapêutico tem como foco o amadurecimento da decisão, por meio de escuta qualificada, confrontações, explicações e questionamentos.

Paciente e Psicólogo irão, portanto, juntos, rumo à travessia e transposição das barreiras físicas e emocionais que talvez o atendido tenha construído ao longo de suas vivências. Tudo isso é possível por intermédio de informações precisas, de comportamentos e expressões emocionais assertivas, do resgate da autoestima e da autoconfiança. Realizam-se entrevistas, encontros sistemáticos, além da aplicação de questionários específicos e orientações técnicas, entre outros instrumentos.

Importante ressaltar que, em alguns casos específicos, a gastroplastia não é indicada. Pacientes que apresentam doenças genéticas ou limitações intelectuais significativas (e que não contam com um suporte familiar adequado) são alguns exemplos. Em outros casos, o paciente pode apresentar algum transtorno psiquiátrico fora de controle, assim como fazer uso de substâncias psicoativas como álcool ou drogas.

Duração de cada atendimento: 50 min

 

Maiores informações:

(11) 98065-4995 (Oi)
(11) 98155-7558 (Tim)
e-mail: arcanjo.psi@hotmail.com

 
 
.:: Home ::.
 

Rodrigo Arcanjo - Copyright 2011 - Todos os direitos reservados
.:: Serviços de Psicologia Clínica ::. .:: Plantão Psicológico ::. .:: Currículo Lattes ::. .:: Facebook ::..:: Currículo Lattes ::..:: Linkedin ::. .:: Missão, Visão e Valores ::. .:: e-mail ::. .:: Whatsapp ::. .:: Página inicial ::.